Câmara Municipal realiza reunião sobre despejo de rejeitos em Água Boa

reuniao descarte rejeitosAconteceu na manhã desta quinta-feira (25.04), nas dependências da Câmara Municipal de Água Boa, uma reunião com a presença dos vereadores Fernando de Melo Quintanilha e Leonardo Leite Ribeiro, Secretário Municipal de Administração Luiz Omar Pichetti, Engenheira Sanitária Áurea Campos, Engenheiro do Meio Ambiente e Resíduos Sólidos Rodrigo Rebelatto Silva, Engenheira Ambiental do CODEMA Juliana Batista dos Santos, Defensora Pública Drª Carolina Renee Pizzini Weitiewic, proprietário da empresa Tô Limpinho Régis Rezende e  imprensa local, para debater sobre o descarte dos rejeitos produzidos pelas fossas, realizado no aterro (lixão) do município de Água Boa.

A Defensoria Pública instaurou procedimento preliminar de Ação Civil Pública, no dia 11 de março de 2019, para investigar o descarte dos referidos rejeitos. As investigações por parte dos Defensores Públicos, ocasionaram a proibição dos despejos, por parte das empresas de limpa fossa, no aterro (lixão), por não ser um local apropriado. A Prefeitura foi notificada sobre os crimes ambientais oriundos da ação e proibiu as empresas de limpa fossa, de despejarem os rejeitos no lixão. Desde então, as empresas vêm sendo obrigadas a levar os dejetos para Nova Xavantina, município mais próximo, que possui uma estação de tratamento terceirizada/privatizada e licenciada para receber os dejetos. “O problema é que agindo dessa forma, os custos do serviço aumentam para as empresas e consequentemente para a população”, declarou o empresário Régis Rezende.

Uma estação de tratamento de esgoto está sendo construída em Água Boa, no Bairro Vila Nova, obra que já dura 3 anos e tem previsão de término para daqui a um ano e meio ainda.  Na reunião de hoje, os representantes do Executivo Municipal, declararam que os recursos são escassos para ter um sistema de saneamento básico para atender o município inteiro e por isso medidas paliativas deverão ser apresentadas para solucionar o problema. A Defensora Carolina Renee, cobrou exatamente essas medidas, pois também está sensibilizada pela causa da cidade. Ao final da reunião, ficou firmado entre os presentes, o compromisso, por parte do Executivo Municipal, de apresentar no prazo de 10 dias, uma solução imediata, enquanto a obra da estação de tratamento não fica pronta.

“ A reunião foi proposta para tentar solucionar a questão, pois os vereadores são constantemente cobrados pela população e pelas empresas de limpa fossa, e apesar de não ter havido um resultado satisfatório, acreditamos que estamos mais perto de resolver o problema, por isso continuaremos cobrando uma solução viável em benefício da população”, concluiu o vereador Fernando de Melo Quintanilha, em nome do Legislativo de Água Boa.

e-max.it: your social media marketing partner

Blog dos Vereadores


alan ari bibelo cesinha fernando jonathan leo mari quincao renato sandro

Fale Conosco

Câmara Municipal de Água Boa - MT

Rua 09, nº 485 - Centro | CEP: 78635-000

Fones (66) 3468-1113 | Fax (66) 3468-2292

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta-Feira das 07h às 18h